Conceito Propriedade Intelectual - Marcas e Patentes

Captcha
43 3324-4400
RUA DA LAPA, 433 - LONDRINA-PR

Globo, ESPN e Fox Sports não foram procuradas por Sportflix.

A Globo jamais foi procurada para discutir o sublicenciamento dos direitos do Brasileiro por representantes do Sportflix, sistema de exibição de vídeos de esporte por streaming, que em pouco tempo passou a ser chamado popularmente de ''Netflix do esporte''.

ESPN e Fox Sports tampouco foram procuradas para discutir direitos de transmissão no Brasil.

O Grupo Globo detém os direitos do Brasileiro na TV aberta, fechada, internet e inclusive de VTs. A propriedade desses direitos foi mantida com exclusividade nos contratos firmados entre Globo e clubes válidos de 2019 a 2024. O canal Esporte Interativo também assinou contratos com clubes pelos direitos do Brasileiro a partir de 2019.

Segundo foi divulgado pela mídia, inclusive pela brasileira, os donos do Sportflix exibiriam inclusive torneios como o Brasileiro e a Libertadores, além de Liga dos Campeões, NFL, NBA etc.

Informações deram conta de que o Sportflix desembarcaria no Brasil no próximo dia 30 e que estaria também nos EUA, Inglaterra, Alemanha, Espanha, Itália, Argentina, França e México. Os planos de assinatura mensal ficariam entre US$19,99 e US$ 29,900.


En bitam a ESPN, que exibe a Premier League e a NL, entre outras competições, sugere a possibilidade de ação legal para defender seus direitos.

"A ESPN não teve nenhum contato com a Sportflix. Trabalhamos com os detentores e vendedores de direitos do conteúdo que exibimos e tomaremos todas as ações necessárias para proteger nossos produtos da pirataria e uso ilegal", diz a nota.

A Fox, cujo canal Fox Sports detém os direitos da Libertadores, também negou por meio de nota ter feito acordo com o Sportflix.

"Diante das notícias publicadas em diferentes veículos de comunicação na região, o Fox Sports Latin America desmente de forma categórica ter mantido contato ou estar atualmente em negociação com a empresa Sportflix para discutir a respeito de qualquer direito esportivo. Não temos conhecimento e não houve qualquer aproximação com essa empresa. É importante esclarecer que grande parte das propriedades exibidas pelo Fox Sports, na América Latina, é exclusiva e beneficiam cerca de 61 milhões de assinantes e lares em 19 países que, dia após dia, nos acompanham em nossas múltiplas plataformas de televisão ou no App do Fox Sports. O Fox Sports transmite no Brasil a Conmebol Libertadores Bridgestone, Conmebol Sul-Americana, Liga dos Campeões Concacaf (semifinais e final), a Bundesliga, MLB (temporada regular) WWE, Bellator, Premier Boxing Champions, NASCAR, Rally Dakar, Fórmula E, Serie A Tim italiana e a UEFA Europa League, La Liga, entre outros. O Fox Sports Latin America trabalha em conjunto com os proprietários destes conteúdos para tomar as ações necessárias, com o objetivo de proteger nossos produtos da pirataria e do uso ilegal destes direitos."



Fonte: https://blogdoohata.blogosfera.uol.com.br/2017/08/16/globo-nao-foi-procurada-por-sportflix-para-discutir-direitos-do-brasileiro/


br class="clear">